COVID-19 Guide (PT)

IRMO has developed a guide in Portuguese responding to the frequently asked questions about the COVID-19 pandemic and its implications in employment, housing, immigration, welfare and wellbeing.

IRMO desenvolveu um guia em português que responde às perguntas mais frequentes sobre a pandemia da COVID-19 e suas implicações nas áreas de emprego, assistência social, moradia e imigração.

Especificamente, você pode encontrar as seguintes seções:

  • Questões sobre saúde:
    O que é coronavírus (COVID-19)?
    Quais são as medidas governamentais mais recentes sobre COVID-19?
    Quais são os sintomas do coronavírus?
    O que devo fazer caso tenha sintomas do coronavírus?
    O que devo fazer caso more com alguém que apresenta sintomas do coronavírus?
    Posso ir aos locais onde fazem testes para pessoas sem sintomas?
    Por que é importante respeitar as medidas de prevenção e isolamento?
    O que significa isolamento?
    Quais são os grupos de risco?
    Quais são os grupos de alto risco?
    O que devo fazer se for alguém de alto risco?
  • Perguntas sobre assistência médica e vacinas contra Covid-19:
    Quem pode tomar a vacina?
    Como a vacina funciona?
    Como e quando vou receber a vacina?
    A vacina tem efeitos colaterais?
    A vacina é segura para crianças?
    Como posso ser registradx no GP?
    Como posso acessar serviços odontológicos?
  • Perguntas de emprego:
    O que devo fazer se meu empregad@r me disser para não voltar a trabalhar durante a epidemia, não quiser me pagar ou não esclarecer se vai me pagar? *
    O que fazer se meu contrato de trabalho estipular que meu empregad@r não tem a obrigação de pagar meu salário normalmente caso seja “laid-off” ou “short-time working”?
    Como funciona o apoio financeiro do governo que ajuda as empresas a continuar pagando sua equipe?
    O que fazer se meu empregad@r me forçar a tirar férias durante a epidemia?
    O que fazer caso tenha reservado férias antes da epidemia, não posso mais tirá-las, mas o trabalho não quer adiá-las?
    O que devo fazer se meu empregad@r quiser que continue trabalhando, mas não tiver tomado medidas preventivas para me proteger e prevenir a transmissão do coronavírus no meu local de trabalho?
    Que tipo de pagamento está disponível caso não trabalhe por conta do isolamento devido ao coronavírus?
    Quem tem direito a “Statutory Sick Pay” ou “SSP”?
    Como posso receber “Statutory Sick Pay” caso esteja em isolamento devido ao coronavírus?
    O que fazer se minha empresa não quiser pagar o “Statutory Sick Pay” enquanto estiver isolado? *
    O que devo fazer caso seja uma pessoa autônoma e não puder trabalhar?
    Como posso solicitar subsídios para pessoas freelancers afetadas pelo coronavírus?
    O que devo fazer se não me qualificar para o “Coronavirus Job Retention Scheme” pois comecei a trabalhar depois do dia 1º de março de 2020?
    O que devo fazer se não puder trabalhar porque tenho que cuidar de pessoas que dependem dos meus cuidados, por exemplo, filhos(as), netos (as), pais?
    O que fazer caso trabalhe em serviços essenciais, mas não tenho ninguém com quem deixar meus filh@s?
    Quais são meus direitos caso trabalhe em uma agência?
    Onde posso encontrar um emprego?
    Mudanças no “Coronavirus Job Retention Scheme” a partir de julho de 2020
  • Perguntas sobre moradia:
    O que eu faço se não puder pagar meu aluguel?
    O que fazer caso não more com meu propretari@ e queira me despejar? *
    O que fazer caso more com meu proprietári@ e queira me despejar? Violência doméstica durante o isolamento
  • Perguntas sobre imigração:
    O que devo fazer se não puder retornar ao meu país e não posso ficar mais do que meu visto permite?
    O que fazer caso tenha uma solicitação em andamento?
    O que fazer caso tenha uma consulta biométrica e receber uma notificação que meu horário foi cancelado?
    Ainda posso me inscrever para trazer um membro da família para o Reino Unido?
    Posso solicitar a cidadania britânica?
    Pessoas empregadas pelo NHS
  • Perguntas sobre benefícios:
    Preciso de ajuda com o Universal Credit?
    O que devo fazer se não puder pagar as despesas ou council tax nestes meses?
  • Perguntas sobre viagem:
    O que fazer caso queira viajar para o exterior?
    Como comprovar que já fui vacinadx para poder viajar?
    O que devo fazer antes de viajar para o Reino Unido
  • Você pode encontrar mais informações nos seguintes guias em espanhol e português de Migrants Right Network.

    Questões sobre saúde

    O que é coronavírus (COVID-19)?

    Os coronavírus são uma família extensa de vírus diferentes. Alguns deles podem causar doenças em humanos. Diferentes tipos de coronavírus afetam os humanos de maneiras diferentes. O coronavírus descoberto recentemente causa a doença COVID-19.

    Para mais informações, clique aqui.

    Quais são os sintomas do coronavírus?

    Os sintomas de Covid-19 são geralmente leves e aparecem gradualmente. Algumas pessoas ficam infectadas, mas não desenvolvem nenhum sintoma e não estão indispostas. A maioria das pessoas (cerca de 80%) se recupera da doença sem a necessidade de qualquer tratamento especial.

    No entanto, cerca de 1 em cada 6 pessoas que contraem COVID-19 desenvolvem uma doença grave, com dificuldade para respirar e necessitando de assistência médica.

    Pessoas consideradas de alto risco têm maior probabilidade de desenvolver uma doença grave.

    No total, cerca de 2% das pessoas que contraíram a doença morreram.(Fonte:OMS)

    Os sintomas mais comuns são:

    •  Tosse contínua – significa tossir muito por mais de uma hora ou ter 3 ou mais episódios de tosse em 24 horas (caso já tenha uma tosse crônica, veja se é pior do que o normal).
    • Temperatura alta/ febre  – quando você sente calor ao tocar no peito ou nas costas (não é necessário medir sua temperatura com um termômetro).

    Para mais informações clique aqui e traduza a página usando o Google.

    Quais são as medidas governamentais mais recentes sobre COVID-19 para a população em geral?
    O governo anunciou que o Reino Unido está mudando para o Plano B, em resposta aos riscos da nova variante Omicron.

    Isso significa que:
    • Máscaras devem ser usadas na maioria dos lugares fechados.
    • A partir de 13 de dezembro, todxs que podem, devem trabalhar de forma remota
    • A partir de 15 de dezembro, certos locais e eventos serão obrigados por lei a verificar se todxs os visitantes com mais de 18 anos cumprem com qualquer um destes três requisitos: estão totalmente vacinados, têm um teste negativo realizado nas últimas 48 horas ou estão isentos por qualquer razão.

    Além disso, você deve continuar a respeitar as medidas impostas anteriormente:
    • reúna-se ao ar livre ou abra portas e janelas quando as reuniões forem realizadas em ambientes fechados
    • fique em casa e faça um teste de PCR se tiver sintomas da COVID-19
    • registre-se na entrada de restaurantes, pubs e qualquer outro local onde for necessário
    • lave as mãos com sabão frequentemente e por pelo menos 20 segundos
    • vacine-se: as vacinas são gratuitas e estão disponíveis para todos com mais de 12 anos, independentemente do status de imigração. Se você tiver alguma dúvida sobre como se vacinar, escreva para info@irmo.org.uk ou pelo WhatsApp em 07594505503.

    Para mais informações clique aqui e aqui.
    O que devo fazer caso tenha sintomas do coronavírus?
    Caso tenha algum dos seguintes sintomas, você deve se isolar imediatamente:
    • alta temperatura
    • tosse contínua que não tinha antes
    • perda do paladar ou olfato

    Além disso, você deve realizar um teste de PCR, que pode ser entregue em sua casa, fazendo o pedido neste link. Ou pode ser feito em um centro de testes.

    Reserve um PCR em Lambeth visitando o seguinte link.

    Reserve um PCR em Southwark visitando o seguinte link.

    Se o resultado do seu teste for positivo, você deve se isolar por 10 dias a partir do dia em que os sintomas começaram ou a partir do dia em que recebeu o resultado, se não tiver sintomas.
    O que devo fazer caso more com alguém que apresenta sintomas do coronavírus?
  • Caso esteja vacinadx: Você deve fazer um teste rápido de antígeno por 7 dias. Se algum desses testes for positivo, isole imediatamente e solicite um PCR:
  • Caso não esteja vacinadx: Você deve se isolar por 10 dias a partir do dia em que teve contato com alguém que recebeu o resultado do teste positivo


  • Para mais informações, acesse este link.
    Posso ir aos locais onde fazem testes para pessoas sem sintomas?


    Alguns bairros de Londres oferecem testes rápidos para pessoas assintomáticas. Cerca de 1 em cada 3 pessoas com Covid-19 não apresentam sintomas, mas são capazes de transmitir o vírus. Portanto, esses testes podem ajudar a conter o vírus.

    Por exemplo, o bairro de Lambeth oferece este serviço para aqueles que vivem ou trabalham em Lambeth. Você pode encontrar mais informações no site.

    Visite o site do bairro onde você mora para saber se tem acesso a esses testes.

    É importante lembrar que estes testes são apenas para pessoas que NÃO apresentam sintomas e não são válidos para viagens.

    Se você tiver alguma dúvida sobre como se vacinar, escreva para info@irmo.org.uk ou pelo WhatsApp em 07594505503.

    Por que é importante respeitar as medidas de prevenção e isolamento?
    Por 2 razões principais:
    • Para proteger pessoas de alto risco.
    • Para proteger o sistema de saúde. Os sistemas de saúde têm capacidade limitada. Por exemplo, há um número limitado de camas e respiradores. O fato de no momento não haver vacinas contra esse vírus, e a facilidade com que ele se espalha, sugere que poderemos ter mais infectados em estado grave do que os hospitais podem acomodar (lembre-se que pelo menos 1 em cada 6 pessoas infectadas precisarão de assistência médica). Um cenário em que o sistema de saúde está em colapso, seria gravíssimo para todos. Primeiramente, porque muitas pessoas infectadas com Covid-19 que, em circunstâncias normais, poderiam ser salvas com a ajuda de respiradores e descanso, podem não ter acesso aos cuidados que precisam. Por outro lado, com um sistema de saúde em colapso, qualquer emergência ou necessidade médica, seja ou não relacionada à Covid-19, não poderia ser atendida por falta de capacidade. ( Fonte principal – quarto parágrafo)

        Por esse motivos, é importante seguir os conselhos oficiais e:
        • Proteja-se, caso seja uma pessoa de alto risco.
        • Colabore para o bem de todos.
    O que significa isolamento?


    O isolamento, que ajuda com a prevenção e transmissão do vírus, consiste em:

    • Não sair de casa por nenhum motivo.
    • Não receber visitantes em sua casa, como familiares, pessoas próximas ou parceir@s que não morem com você.
    • Não sair para comprar alimentos ou remédios, ao invés, peça pelo telefone, pela internet ou por outras pessoas, para que deixem seu pedido em sua casa sem que você tenha que sair.

    Para mais informações clique aqui e traduza a página usando o Google.

    Quais são os grupos de risco?


    Embora a maioria das pessoas de qualquer idade e condição médica que contraem Covid-19 apresentem sintomas leves ou moderados, existem grupos com uma probabilidade significativamente maior de desenvolver uma doença grave. Esses grupos incluem pessoas que têm:

    • mais de 70 anos
    • doenças cardiovasculares e hipertensão
    • diabetes
    • doenças pulmonares crônicas
    • câncer
    • imunossupressão
    • gravidez

    É extremamente importante que você siga as dicas de prevenção caso faça parte de algum desses grupos ou more com alguém que seja grupo de risco, para se proteger e proteger seus entes queridos e evitar riscos desnecessários.

    Existem outras condições mais específicas que apresentam um risco particularmente alto. As pessoas afetadas por alguma dessas condições pertencem aos chamados grupos de alto risco e devem receber uma carta do NHS explicando o que fazer.

    Fuentes:

    • Ministério da Saúde (Página 17 y Página 15: “3.4. Letalidade” ): Dados mais concretos sobre mortalidade entre grupos de risco (por exemplo, 14,8% entre pessoas com mais de 80 anos; 10,5% entre pessoas com doenças cardiovasculares
    • Age UK (“Are some people more at risk from coronavirus?”)

    Para obter mais detalhes sobre grupos de alto risco, continue lendo.

    Quais são os grupos de alto risco?
    • Receptores de transplante de órgãos.
    • Pessoas com tipos de câncer específicos:
      • essoas com câncer recebendo quimioterapia ativa ou radioterapia radical para câncer de pulmão
      • Pessoas com câncer no sangue ou na medula óssea, como leucemia, linfoma ou mieloma, em qualquer estágio do tratamento.
      • Pessoas recebendo imunoterapia ou outros tratamentos contínuos de anticorpos para câncer.
      • Pessoas que recebem outros tratamentos direcionados ao câncer que podem afetar o sistema imunológico, como inibidores de proteína quinase ou inibidores de PARP
      • Pessoas que fizeram transplantes de medula óssea ou células-tronco nos últimos 6 meses ou que ainda estão tomando medicamentos imunossupressores
    • Pessoas com problemas respiratórios graves, incluindo fibrose cística, asma grave e EPOC grave.
    • Pessoas com doenças raras e EIM que aumentam significativamente o risco de infecções..
    • Pessoas em terapia de imunossupressão suficiente para aumentar significativamente o risco de infecção.
    • Mulheres grávidas com doença cardíaca congênita ou adquirida.

      Para mais informações cliqueaqui e traduza a página usando o Google.

    O que devo fazer se for alguém de alto risco?


    O NHS (National Health System) na Inglaterra deveria ter entrado em contato com você diretamente para dar mais informações.

    • Caso seja uma pessoa de alto risco e não recebeu uma carta ou não foi contactado pelo NHS, deve contactar o seu GP para discutir as suas preocupações.
      Caso tenha recebido uma carta do NHS ou se o seu GP entrou em contato para lhe informar que é uma pessoa extremamente vulnerável, deve tomar as seguintes medidas para se proteger dos riscos elevados de ficar em estado grave devido ao coronavírus (COVID -19):
      • Fique em casa o tempo todo e evite qualquer contato presencial durante o tempo recomendado pelo seu GP ou pela carta do NHS. Este período de tempo pode mudar.
      • Receba visitas somente de quem lhe fornece suporte essencial, como atendimento médico ou pessoal para suas necessidades diárias, desde que não apresentem sintomas do coronavírus.
      • Certifique-se de que todos que vão a sua casa lavem as mãos com água e sabão por 20 segundos ao chegarem em sua casa e regularmente enquanto estiverem lá.
      • Tenha uma lista alternativa de pessoas que podem lhe ajudar se seu cuidador principal não estiver bem. Se precisar de ajuda com isso, pode entrar em contato com a subprefeitura/ Autoridade Local.

      Se você acha que desenvolveu sintomas da COVID-19, como tosse contínua ou febre, entre em contato com o NHS 111 imediatamente. Você pode entrar em contato com o NHS 111 online clicando aqui ou ligar para 111 no seu telefone. Se precisar de um intérprete quando ligar para o NHS 111, basta dizer o nome do idioma que você precisa (por exemplo, “portugues”) para que usem intérpretes para se comunicarem com você. Para mais informações, clique aqui.

      • Se outra pessoa mora com você e essa pessoa não é de alto risco, ela não é obrigada a adotar essas medidas de proteção para si mesma, mas deve fazer o que puder para ajudar a te proteger e seguir estritamente medidas de distanciamento social, reduzindo o contato que têm com pessoas fora de casa.

      Para obter mais informações sobre como se proteger caso seja extremamente vulnerável ao COVID-19, clique aqui e traduza a página no Google.

    Perguntas sobre assistência médica e vacinas contra Covid-19

    Quem pode tomar a vacina?

    As pessoas dos seguintes grupos podem tomar a vacina contra o coronavírus (COVID-19).

    Maiores de 18 anos

     Todas as pessoas com 18 anos de idade podem receber a primeira e a segunda dose da vacina. 

    Para receber a vacina, pessoas maiores de 18 anos podem marcar uma consulta em um centro de vacinação ou farmácia ou ir a um centro de vacinação sem horário marcado.

    Para marcar um horário, clique aqui.

    Jovens de 16 e 17 anos

    Todxs os jovens de 16 e 17 anos de idade podem tomar a primeira dose da vacina. Todxs os jovens de 16 e 17 anos de idade podem tomar a primeira dose da vacina. Jovens que são parte do grupo de risco ou convivem com pessoas que fazem parte do grupo de risco também podem tomar a segunda dose 8 semanas depois de tomar a primeira.

    Para receber a vacina, pessoas maiores de 18 anos podem marcar uma consulta em um centro de vacinação ou farmácia ou ir a um centro de vacinação sem horário marcado.

    Para marcar um horário, clique aqui.

    Crianças de 12-15 anos de idade

    A primeira dose de vacina será oferecida a todas as crianças de 12-15 anos de idade que podem ser vacinadas em sua escola ou marcando uma consulta neste link

    Jovens e crianças parte do grupo de risco

    Alguns jovens e crianças receberão as duas doses da vacina porque são considerados parte do grupo de risco. Isto acontecerá nos seguintes casos:

    1. Caso morem com alguém que tem grande chances de contrair infecções (pessoas com HIV, pessoas que fizeram um transplante ou estão recebendo certos tratamentos, como tratamentos para câncer, lúpus ou artrite reumatóide)
    2. Caso tenham um diagnóstico que os coloca em alto risco de adoecer gravemente com a COVID-19. Por exemplo:
    • alguma deficiência cerebral ou no sistema nervoso, como a paralisia cerebral;
    • Síndrome de Down;
    • graves ou múltiplas dificuldade de aprendizagem;
    • uma condição que os torna mais propensos a contrair infecções (tais como algumas condições genéticas ou câncer).

    Aqueles que podem tomar as 2 doses da vacina serão contatados por um serviço local do NHS, como seu GP.

    Pessoas com deficiência no sistema imunológico 

    As pessoas com 12 anos ou mais que tenham um sistema imunológico debilitado poderão receber a terceira dose da vacina uma vez que tenham recebido as duas primeiras doses.  

    Isto inclui pessoas que tem ou já tiveram:

    • câncer de sangue (como a leucemia ou linfoma);
    • sistema imunológico debilitado devido ao tratamento (tais como esteróides, terapia biológica, quimioterapia ou radioterapia);
    • transplante de órgão ou de medula óssea;
    • diagnóstico que os coloca em alto risco de infecção;
    • diagnóstico ou tratamento para o qual seu especialista aconselha tomar a  terceira dose.

    As pessoas que podem tomar a terceira dose serão contactadas pelo NHS.

    Caso tenha alguma dúvida sobre como ser vacinadx, mande um e-mail para info@irmo.org.uk ou mensagem pelo WhatsApp – 07594505503.

    Como a vacina funciona?

    A vacina é aplicada por injeção na parte superior do braço e dividida em duas doses. A segunda dose pode ser aplicada até 12 semanas após a primeira dose. A vacina oferece proteção contra o vírus duas semanas após a segunda dose, por isso é muito importante receber a segunda dose. Como com todas as vacinas, há uma pequena chance que você seja infectad@ pelo coronavírus, após receber a vacina. Por isso até que a maioria da população seja vacinada, é importante seguir as medidas do distanciamento social e usar máscara.

    Como faço para me vacinar?
    Se você está registrado em um GP, pode marcar uma consulta para se vacinar na página do NHS. Você pode fazer isso a qualquer momento, não é necessário esperar por uma carta do seu médico (GP). Para marcar a consulta, clique no link.

    Se você não estiver registrado em um GP, você pode se vacinar em um centro ambulatorial sem hora marcada. Você não precisa apresentar documentação.

    Para encontrar um centro ambulatorial em Londres, acesse os seguintes links:
  • Sureste
  • Suroeste
  • Centro-norte

  • Se você mora fora de Londres, pode pesquisar no Google “pop-up clinics in my area” ou “walk in clinics in my area” e você encontrará os centros de vacinação mais próximos.

    Se você tiver alguma dúvida sobre como se vacinar, escreva para info@irmo.org.uk ou pelo WhatsApp em 07594505503.
    As vacinas são seguras e eficazes?


    Todas as vacinas disponíveis atualmente (Pfizer / BioNTech, Oxford-AstraZeneca e Moderna) seguiram o processo de estudos clínicos e controles de segurança estabelecidos para todos os outros medicamentos deste tipo. Nesse caso, eles foram aprovados para uso no Reino Unido e atendem a todos os requisitos de segurança, qualidade e eficácia exigidos pelo órgão regulador independente: Medicines and Healthcare products Regulatory Agency (MHRA). A MHRA confirmou que as vacinas são eficazes. Para obter a melhor proteção contra o vírus, é necessário receber a segunda dose.

    Como com todas as vacinas, há uma pequena chance que você ainda seja infectado, incluindo pelo coronavírus, após receber a vacina. Por isso, e até que a maioria da população seja vacinada, é importante seguir as medidas de distanciamento social e usar máscara. .

    Concluindo, é importante notar que não existem estudos suficientes feitos até o momento sobre os efeitos da vacina em mulheres grávidas e no feto. São considerados seguros, mas sua aplicação não é recomendada por enquanto. Veja mais informações aqui.

    As vacinas têm efeitos colaterais?


    A maioria dos efeitos colaterais são leves e não devem durar mais de uma semana:

    • dor no braço onde a vacina foi injetada
    • sentir dor no corpo ou cansasso
    • dor de cabeça

    Se você sentir desconforto, é possível tomar analgésicos como o paracetamol.

    Milhares de pessoas em todo o mundo já receberam vacinas. Os casos com efeitos colaterais graves, como reações alérgicas, têm sido muito raros. Não foram relatadas complicações de longo prazo.

    Aqueles com histórico de reações alérgicas extremas receberão a vacina em um ambiente controlado, como um hospital. Se for este o seu caso, converse com o seu GP.

    A vacina é segura para crianças?


    Milhões de crianças em todo o mundo já receberam a vacina COVID-19.

    A Agência Reguladora de Medicamentos e Produtos de Saúde (MHRA) confirmou que a vacina Pfizer / BioNTech é segura e eficaz para crianças de 12 a 15 anos de idade.

    Isto se procede uma revisão abrangente da segurança, qualidade e eficácia da vacina nesta faixa etária.

    A vacina continua a ser monitorada para garantir que seja segura e eficaz.

    Efeitos colaterais

    Efeitos colaterais comuns

    Como todos os medicamentos, as vacinas COVID-19 podem causar efeitos colaterais em algumas pessoas.

    A maioria dos efeitos colaterais são leves e devem durar apenas 1 ou 2 dias:

    • dor no braço devido à injeção;
    • sentir-se cansado;
    • dor de cabeça;
    • sintomas semelhantes aos da gripe, incluindo calafrios.

    Se uma criança tem algum desses sintomas, ela deve descansar. O paracetamol pode ser dado para aliviar os sintomas.

    Efeitos colaterais raros ou muito raros

    Tem havido relatos extremamente raros de inflamação do coração (miocardite) após a vacinação COVID-19. A maioria das pessoas que tiveram isto recuperado após repouso e tratamentos simples.

    Raros efeitos colaterais:
    • dores no peito
    • falta de ar;
    • palpitações.

    Se uma criança experimentar um sintoma raro após ser vacinada, ela deve ir ao departamento de emergência hospitalar mais próximo chamado A&E ou ligar para 999.

    Como posso ser registradx no GP?


    Qualquer pessoa pode se registrar com o GP ou médico local e acessar os cuidados primários, independentemente de seu status de imigração.

    O processo é muito simples. Normalmente é necessário o preenchimento de um formulário que está disponível no site do centro médico. Alguns centros exigem que você o preencha pessoalmente.

    Assim que o formulário for enviado, o centro médico enviará uma carta para o seu endereço com o seu número do NHS. Se você não receber a carta dentro de 2 a 3 semanas, entre em contato com eles.

    Para iniciar o processo, encontre o médico de família mais próximo do seu local de residência neste link.

    Em alguns casos, o centro médico pode pedir identificação e comprovante de endereço, como um aluguel em seu nome ou um resumo de sua conta bancária. Nenhum centro médico pode se recusar a registrá-lo se você não puder fornecer nenhum desses documentos.

    Para mais informações, verifique este link.

    Como posso acessar serviços odontológicos?


    O atendimento odontológico não é gratuito no Reino Unido. Há duas maneiras de acessá-la:

    • De forma particular, ou seja, o paciente cobre todos os custos;
    • ao receber cuidados subsidiados pelo NHS (Serviço Nacional de Saúde).

    Para consultar um dentista, você não precisa se registrar da mesma forma que com um clínico geral, pois seu endereço não é levado em conta.

    Basta encontrar um centro dentário que seja conveniente para você, seja perto de sua casa ou do trabalho, e ligar para eles para ver se estão aceitando novos pacientes.

    Para encontrar um dentista do NHS vá a este link.

    Perguntas de Emprego

    O que devo fazer se meu empregador me disser para não voltar ao trabalho durante a epidemia de coronavírus e ele não quiser me pagar ou não esclarecer se vai me pagar? *


    * Se for uma pessoa autônoma, verifique a seção de autônom@s. Isso é apenas para pessoas que estão na folha de pagamento de sua empresa.

    Revise seu contrato de trabalho caso o tenha. Veja se inclui uma seção sobre “lay-offs” e/ ou “short-time working”. A menos que seja uma pessoa autônoma ou seu contrato estipule o contrário, seu empregador deve continuar a pagar-lhe o seu salário integral enquanto estiver dispensad@ ou trabalhando em horas reduzidas. Para mais informações clique aqui e aqui.

    Envie um e-mail para o departamento de Recursos Humanos no trabalho assim que possível. Encontre exemplos aqui. Peça que confirmem:

    • Tu situación laboral
    • Que vão te manter na folha de pagamento da empresa
    • Por quanto tempo não deve voltar ao trabalho
    • Se vão lhe pagar seu salário integral durante esse período
    • Se vão se inscrever para obter ajuda financeira do governo “Coronavirus Job Retention Scheme” e se vão te classificar como “furloughed worker” para que possa continuar recebendo pelo menos parte do seu salário durante esse período
    • Por que não vão te pagar sem nenhum aviso?

    É importante que todas as comunicações com seu empregador sejam registradas por escrito, para que tenha comprovantes do que foi dito. Caso responderem ao seu e-mail com uma chamada, envie um novo e-mail detalhando a conversa telefónica que tiveram e pedindo que confirmem por escrito.
    O que fazer se meu contrato de trabalho estipular que meu empregad@r não tem a obrigação de pagar meu salário normalmente caso seja “laid-off” ou “short-time working”?


    Caso não tenha recebido uma notificação da sua empresa, envie um e-mail para o departamento de Recursos Humanos em seu trabalho o mais rápido possível. Encontre um exemplo aqui.

    Em seu e-mail, peça que esclareça sua situação profissional. Se você não tiver certeza sobre sua situação profissional ou tiver dúvidas sobre seu contrato ou direitos trabalhistas, entre em contato com o Work Rights Center usando o seguinte e-mail: contact@workrightscentre.org ou pelo telefone 07887926385.

    Se você não tiver direito ao seu pagamento normal, pode ter direito a:

    • “Statutory guarantee payment” por no máximo 5 dias durante um período de 3 meses. Para obter mais informações, clique aqui.
    • Benefícios do governo. Para obter mais informações sobre as ajudas que pode ter acesso, clique aqui.

    Se você não tiver certeza se sua empresa está cumprindo seus direitos trabalhistas, entre em contato com as seguintes organizações e/ ou sindicatos para obter orientação:

    Como funciona o apoio financeiro do governo que ajuda as empresas a continuar pagando sua equipe?

      A iniciativa “Coronavirus Job Retention Scheme” fornece suporte financeiro para empresas que tiveram que reduzir ou encerrar suas operações devido ao coronavírus.

      Com este auxílio financeiro, seu empregad@r pode reivindicar até 80% do seu salário do governo para continuar te pagando pelo menos 80% do seu salário enquanto estiverem fechados. Essa medida irá até 30 de junho de 2021. A partir desta data, o valor do salário coberto pelo governo será reduzido gradativamente até 30 de setembro de 2021, quando será encerrado o el Coronavirus Job Retention Scheme terminará.

    • Qualquer empresa do Reino Unido com uma conta bancária no Reino Unido pode solicitar essa ajuda do governo.
    • Sua empresa deve solicitar essa ajuda – você não pode se inscrever – portanto, converse com sua empresa o mais rápido possível para saber se estão dispostos a solicitar esse auxílio.
    • Caso sua empresa decida solicitar esta ajuda, devem entrar em um acordo para que você seja classificado como “furloughed worker” (enviado para casa sem trabalhar).
    • Uma vez que este acordo tenha sido feito, você deve receber confirmação por escrito da sua empresa que é classificado como “furloughed worker” para que possa reivindicar 80% do seu salário normal (com um máximo de £ 2.500 por mês ) Os outros 20% do seu salário podem ser pagos pelo sua empresa, caso assim decidam.
    • Para ter acesso, você deve estar na folha de pagamento PAYE da empresa antes de 30 de outubro de 2020 e antes de 2 de março de 2021.
    • Não importa o tipo de contrato que tenha, você tem acesso a este auxílio mesmo se tiver um contrato zero hora ou um contrato temporário.
    • Se trabalha por conta própria, não terá direito a essa ajuda.
      Existem muitos e-mails circulando agora que são golpes pedindo para você preencher formulários para receber 80% do seu salário. Verifique bem se eles são da sua empresa antes de abri-los. Se não tiver certeza, você pode usar esta página para verificar se é uma fraude ou não (você pode traduzi-lo usando o Google).

      Para mais informações sobre esta iniciativa, clique aqui.
    O que fazer se meu empregad@r me forçar a tirar férias durante a pandemia?


    Sua empresa tem o direito de dizer quando você deve tirar férias, se necessário. Por exemplo, durante a epidemia de coronavírus, caso seu trabalho feche por uma semana e você tenha que usar suas férias durante esse período. Para mais informações, clique aqui e aqui. Caso a empresa decida fazer isso, devem:

    • Te informar com antecedência de pelo menos o dobro dos dias da data das férias. Por exemplo, se quiserem fechar por 5 dias, devem informá-lo pelo menos 10 dias antes.
    • Explicar claramente porque precisam fechar.
    • Tentar responder suas dúvidas sobre como isso afetará seus direitos ou planos de férias.

    Caso não tenha recebido um aviso da maneira correta ou esteja preocupad@ sobre como isso afetará seus planos de férias futuras, envie um e-mail para o RH o mais rápido possível. Encontre um exemplo aqui.
    É importante que todas as comunicações com seu empregador sejam registradas por escrito, para que tenha comprovantes do que foi dito. Caso responderem ao seu e-mail com uma chamada, envie um novo e-mail detalhando a conversa telefónica que tiveram e pedindo que confirmem por escrito.

    Caso a empresa não esteja cumprindo com essas diretrizes, entre em contato com as seguintes organizações e / ou sindicatos para obter orientação:

    O que fazer caso tenha reservado férias antes da epidemia, não posso mais tirá-las, mas o trabalho não quer adiá-las?


    Você tem que chegar a um acordo com sua empresa. Envie um e-mail para o RH o mais rápido possível para perguntar se suas férias podem ser adiadas. Encontre um exemplo aqui.
    Em seu e-mail, explique por que você deseja adiar suas férias (por exemplo, porque seus voos foram cancelados). A decisão final cabe à empresa em que trabalha, e tem o direito de pedir que você tire férias nas datas agendadas previamente.

    Encontre mais informações nas seguintes páginas:

    Você está preocupado em ter que ir trabalhar? Esses são seus direitos.


    Todos têm o direito de se sentir segur@s no local de trabalho. O coronavírus não muda isso. As empresas devem realizar uma avaliação de risco. Existem requisitos legais, de acordo com Health and Safety at Work Regulations Act 1974, para que empregador@s avaliem os perigos no local de trabalho e tomem medidas caso necessário. Isso inclui possibilitar que trabalhem de casa sempre que possível, garantir boa higiene e limpeza e possibilitar que funcionari@s fiquem a dois metros de distância o tempo todo. Quando essas ações não reduzem o risco, podem precisar de equipamentos de proteção individual. As empresas devem também tomar medidas especiais para o grupo de risco ​​e proteger as trabalhadoras grávidas.

    Caso tenha preocupações com sua segurança no trabalho
    Converse com colegas de trabalho e seu sindicato caso acha que existem riscos em seu ambiente de trabalho. Você pode pedir que a empresa aja da forma correta. Se os problemas persistirem, você pode emitir uma reclamação no Health and Safety Executive (HSE). Os representantes sindicais podem relatar essas preocupações ao HSE via union.covidconcerns@hse.gov.uk. O HSE pode realizar várias etapas, desde aconselhar o empregador até fechar o espaço de trabalho.

    Se, mesmo depois de tomar essas medidas, continuar a existir um risco grave e iminente, você tem o direito de deixar o local de trabalho, dependendo das circunstâncias específicas do seu caso. Encontre informações relevantes na Section 44 Employment Act 1996, que abrange todos @s funcionári@s. É muito importante que, antes de agir, procure aconselhamento jurídico das seguintes organizações:

    O que devo fazer se meu empregad@r quiser que continue trabalhando, mas não tiver tomado medidas preventivas para me proteger e prevenir a transmissão do coronavírus no meu local de trabalho?


    Envie um e-mail para o RH em seu trabalho o mais rápido possível. No seu e-mail você pode:

    • Perguntar quais medidas preventivas estão tomando para te proteger e prevenir a transmissão do coronavírus em seu local de trabalho.
    • Comunicar suas preocupações.
    • Compartilhar informações publicadas pelo governo para empresas disponíveis aqui. Encontre informações sobre o equipamento de proteção individual que deve ser fornecido pela sua empresa aqui.
    Caso acredite que sua empresa não está protegendo su@s funcionários, entre em contato com as seguintes organizações e / ou sindicatos para obter aconselhamento:

    Que tipo de pagamento está disponível caso não trabalhe por conta do isolamento devido ao coronavírus?


    “Statutory Sick Pay” ou “SSP” é um auxílio pago pelo governo no Reino Unido quando alguém está demasiado doente para trabalhar.

    • A partir de 13 de março de 2020, caso não possa trabalhar porque precisa se isolar devido ao coronavírus, poderá receber SSP para cada dia em que estiver isolado. Você precisa se isolar por no mínimo 4 dias para se qualificar, mas seu SSP começará no primeiro dia em que você se isolar.
    • O SSP é pago pela sua empresa da mesma forma que seu salário normal, por exemplo, semanal ou mensal.
    • Se você tiver mais de um emprego, poderá receber SSP de cada empregador.
    • Pode receber um pagamento total de £95,85 para cada semana que esteja doente, até um máximo de 28 semanas.
    • Se você não se qualificar para o “SSP“, poderá solicitar outro auxílio (Universal Credit).

    Test and Trace Support Payment Scheme. Você pode também ter direito a um pagamento único de £500 pelo sistema “Test and Trace” se for notificado por meio deste serviço para ficar em casa.

    Você será notificado se o sistema detectar que você esteve em contato com alguém com resultado positivo para o Coronavírus e será solicitado que você se isole por 14 dias.

    Encontre um manual de como funciona o sistema “Test and Trace”, também como, e o que acontece se você testar positivo para o Coronavírus ou tiver entrado em contato com alguém com teste positivo, aqui. Lembre-se, se você tiver sintomas ou estiver em contato com alguém que tenha sintomas, entrar em quarentena e pedir um teste.

    Em alguns casos, as empresas e funcionari@s podem entrar em um acordo e devem ser informados quando um teste seja solicitado. Leia atentamente qualquer decisão que sua empresa possa ter feito em relação ao coronavírus e siga as etapas a seguir.

    Quem tem direito a “Statutory Sick Pay” ou “SSP”?


    Sua empresa tem a obrigação de te pagar “Statutory Sick Pay” desde o primeiro dia em que você teve que se isolar por conta da COVID-19, se:

    • Trabalhou para a empresa
    • Ganha em média pelo menos £120 por semana
    • É um “empregad@” (e não autônom@), isso inclui as pessoas que têm contrato zero hora e as que trabalham para uma agência. Caso não tenha certeza, verifique a página TUC
    • Esteve doente ou isolado por no mínimo 4 dias consecutivos

    Mesmo que você não atenda a esses requisitos e não acredite que tem direito ao SSP, você deve perguntar a sua empresa por escrito (siga os passos na seção Como posso receber “Statutory Sick Pay” caso esteja em isolamento devido ao coronavírus?).

    Mais informações aqui:

    Extensão do “SSP caso esteja doente


    Em 28 de maio de 2020, o governo anunciou que o “Statutory Sick Pay” (SSP) também vai cobrir aqueles que foram solicitados a fazer quarentena sob o sistema “Test and Trace” administrado pelo NHS.

    Como posso receber “Statutory Sick Pay” caso esteja em isolamento devido ao coronavírus?

     

    • Solicite uma “isolation note” no NHS 111 Online para fornecer à sua empresa comprovantes médicos de que não pode ir trabalhar devido ao coronavírus. Você não deve ir ao médico pessoalmente.
    • Envie um e-mail para o responsável pelo departamento de Recursos Humanos do seu trabalho o mais rápido possível, informando que você deve se isolar devido ao coronavírus e anexar sua “isolation note” como comprovante médico. Encontre um exemplo aqui.
    • Normalmente, você tem um período de 7 dias para fornecer comprovantes médicos a sua empresa, mas recomendamos que isso seja feito desde o primeiro dia, já que seu empregador pode ter decretado um prazo mais curto. Leia atentamente todas as informações que sua empresa comunicar sobre as medidas tomadas em relação ao coronavírus.
    • É importante que todas as comunicações com seu empregador sejam registradas por escrito, para que tenha comprovantes do que foi dito. Caso responderem ao seu e-mail com uma chamada, envie um novo e-mail detalhando a conversa telefónica que tiveram e pedindo que confirmem por escrito.
    O que fazer se minha empresa não quiser pagar o “Statutory Sick Pay” enquanto estiver isolado?*

    *Se for uma pessoa autônoma, verifique a seção de autônom@s. Isso é apenas para pessoas que estão na folha de pagamento de sua empresa.

     

    • Envie um e-mail para os Recursos Humanos da empresa em que trabalha assim que possível, peça uma explicação por escrito dos motivos. Encontre um exemplo aqui.
    • Se você não se qualificar para o auxílio-doença, seu empregador tem 7 dias a partir do início dos sintomas para preencher um formulário denominado “Auxílio-doença legal e pedido de benefício de um funcionário (SSP1)”. Você precisará deste formulário para solicitar benefícios.
    • Ligue para o HMRC (em espanhol) no número 0300 200 3500/3300 entre 8h e 20h, de segunda a sexta-feira. Eles podem entrar em contato com seu empregador para saber por que dizem que você não tem direito ao auxílio-doença. Ao ligar para o HMRC, você precisa das seguintes informações em mãos para que eles possam verificar se você tem direito a receber SSP de sua empresa:
          • seu nome completo, endereço, número da folha de pagamento e número do seguro nacional
          • o nome completo e detalhes de contato de seu empregador
          • detalhes da sua situação e o que seu empregador disse quando você solicitou o SSP e o formulário SSP1

      Mais informações aqui:

    O que devo fazer caso seja uma pessoa autônoma e não puder trabalhar?


    AMesmo que sua empresa diga que você é autônom@ (self-employed), é melhor verificar. Você pode ser um “worker” e ter direito ao “SSP”. Se você não tiver certeza, entre em contato com as seguintes organizações:


    Como parte da iniciativa “Coronavirus (COVID-19) Self-employment Income Support Scheme”, , o governo está oferecendo auxilio para pessoas autônomas afetadas pelo coronavírus. Isso cobrirá 80% dos lucros médios em um período de 3 meses, até um máximo de £ 7.500.. Esse auxílio será recebido em um único pagamento.

    Você pode solicitar esse auxílio se:

    • é uma pessoa autônoma ou trabalha em colaboração com outros parcerias
    • apresentou sua declaração de imposto de renda para o ano de 2018-19
    • fez negócios durante o ano fiscal de 2019-20
    • está fazendo negócios quando se inscreveu para o subsídio, ou estaria se não fosse o COVID-19
    • pretende continuar seus negócios no ano fiscal de 2020-21
    • perdeu lucros comerciais devido ao COVID-19
    • Os lucros da sua empresa devem valer menos de £50.000 e representar mais da metade de sua renda freelance. Isso é calculado de duas formas:
      • olhando para seus ganhos e recibos de 2018-19
      • analisando seus ganhos e recibos nos anos de 2016-17, 2017-18 e 2018-19, resultando em uma média
    • Caso fature mais de £50.000, terá que depender da economia, entretanto, pode ter direito a reivindicar benefícios, ou se já estiver recebendo benefícios, o pagamento que você recebe pode aumentar. Mais informações aqui.

    O governo anunciou que haverá uma quinta e última rodada de ajuda de maio a setembro.

    ¿Cómo puedo solicitar las subvenciones para autónomos afectados por el coronavirus?


    O serviço online para solicitar a quarta parte desse auxílio estará disponível do final de abril a 31 de maio de 2021.
    Mais ajuda que você poderia obter como freelancer:

    O que devo fazer se não me qualificar para o “Coronavirus Job Retention Scheme” pois comecei a trabalhar depois do dia 1º de março de 2020?
    • Envie um e-mail para o departamento de Recursos Humanos no trabalho assim que possível.
    • Se você estiver doente e tiver um “isolation note”, encaminhe o mesmo para o RH, encontre um exemplo aqui. Se você ganha no mínimo 118 libras por semana, sua empresa pode solicitar o SSP.
    • É possível solicitar outros auxílios por parte do SSP. Nesse caso, seria importante ter uma consultoria para avaliar sua situação e os auxílios que você tem acesso.
    • Se você não estiver doente, envie um email ao RH ou a sua empresa perguntando quais são suas opções. Encontre um exemplo aqui.
    O que devo fazer se não puder trabalhar porque tenho que cuidar de pessoas que dependem dos meus cuidados, por exemplo, filhos(as), netos (as), pais?
  • Você tem o direito legal de se ausentar do trabalho para atender a uma emergência ou assunto imprevisto envolvendo sua família imediata ou alguém que dependa de você para cuidados.
  • Não há um período de tempo definido que pode ser solicitado.
  • O afastamento do trabalho não é remunerado, a menos que sua empresa esteja disposta a oferecer afastamento remunerado como um direito contratual.
  • O tempo de afastamento deve ser razoável para a situação para a qual é solicitad@, você pode precisar usar os dias de férias pagas não utilizados.
  • Verifique seu contrato de trabalho.
  • Há mais informações aqui.
  • Trabalhando para uma agência, posso declarar baixa renda?

    O que fazer caso trabalhe em serviços essenciais, mas não tenho ninguém com quem deixar meus filh@s?
    • Caso seja uma pessoa trabalhadora essencial, seus filhos e filhas terão prioridade no fornecimento de educação.

    •  Isso significa que poderão frequentar a escola normalmente, se ela estiver fechada.

    • Se a escola do seu filho estiver fechada, você deve entrar em contato com as autoridades locais para que possam lhe oferecer uma escola diferente.
    • Importante: Ambos os pais não precisam ser trabalhadores essenciais para mandar seus filhos/ filhas para a escola.
    • Para ver a lista de trabalhadores essenciais, clique aqui.
    • Encontre e entre em contato com sua prefeitura aqui.
    Quais são meus direitos caso trabalhe em uma agência?

    Sou empregad@ por agência?

    Você é empregad@ por uma agência se tem um contrato com alguma agência e trabalha temporariamente para outra entidade (empresa). As agências podem incluir agências de empregos, por exemplo, “agências temporárias”.

    Você também é contratad@ por uma agência se estiver procurando trabalho em agências de modelos e entretenimento.

    Você não é contratad@ por uma agência se:

      1. Encontrou trabalho por uma agência, mas trabalha para você – você pode ser um freelancer/ pessoa autônoma 
      2. Usou uma agência para encontrar emprego permanente ou por prazo determinado; verifique com a empresa que @ contratou
      3. Aceitou um contrato de“pagamento entre asignaciões”– você é empregad@ por uma agência

    Trabalhando para uma agência, posso declarar baixa renda?

      • Sim, qualquer organização com funcionári@s pode se inscrever, incluindo agências (com funcionári@s pagos por meio de PAYE)

    Tenho direito ao Statutory Sick Pay?

      • Sim, mas caso esteja trabalhando em uma tarefa específica quando estiver doente, irá se qualificar para o SSP até que a tarefa termine. Se encontrar outra tarefa, pode se qualificar para o SSP até o final dessa tarefa futura. Se você não estiver trabalhando quando estiver doente, não terá direito ao SSP.

      • Solicite auxílios/ benefícios (Jobseeker”s Allowance)

    https://www.gov.uk/agency-workers-your-rights

    https://www.gov.uk/guidance/claim-for-wage-costs-through-the-coronavirus-job-retention-scheme#who-can-claim

    https://www.citizensadvice.org.uk/work/rights-at-work/sick-pay/check-if-youre-entitled-to-sick-pay/

    Onde posso encontrar um emprego?

     

    Perguntas sobre Moradia

    O que eu faço se não puder pagar meu aluguel?

    Mande um email para o proprietári@/ agência assim que possível, explicando a sua situação – podem lhe dar mais tempo para pagar o aluguel ou reduzi-lo. Faça o download deste modelo de email caso necessário. É importante que toda a sua comunicação com o proprietári@ seja registrada por escrito para que tenha prova do que foi dito e de qualquer acordo que vocês possam chegar. Se responderem ao seu e-mail com uma ligação, envie um email detalhando a conversa que tiveram e pedindo que confirmem por escrito.

    Em março, o governo informou uma pausa no pagamento de financiamentos de até 6 meses para proprietári@s cuja inquilin@s estão com dificuldades financeiras devido ao coronavírus. Consequentemente, não precisam pressionar seus inquilin@s para que paguem o aluguel. Isso pode ser solicitado até 31 de janeiro de 2021 para os proprietári@s que ainda não a tenham solicitado. Se o seu proprietári@  não quiser ser flexível com o pagamento do aluguel, tente pagar o máximo que puder e mantenha um registro de:

    • tudo o que pagou, por exemplo, recibos / extratos bancários
    • o que falta pagar 

    • toda a comunicação com o seu proprietári@


    • Entre em contato com uma das seguintes organizações para obter aconselhamento:
      • Voices of the World (sindicato)
      • Shelter England
      • London Renters Union ((sindicato para inquilin@s)
      • UK Government

        • Você pode ter o direito a benefícios do governo para lhe ajudar com seu aluguel se sua renda tiver sido reduzida, mesmo se ainda estiver trabalhando. Os benefícios que você poderia receber, “Universal Credit” e “Housing Benefit”, foram estendidos desde abril de 2020. Caso já receba benefícios, é importante que os informe se houver mudanças em suas circunstâncias, uma vez que você pode ter direito a mais do que está recebendo. Use essas páginas para te ajudar a calcular quais benefícios pode solicitar.
        • Migrant Families

        • Turn 2 Us (nacionalidade britânica é necessário)

        • Entitled To (nacionalidade britânica e necessário)
        • IMPORTANTE: O governo não anunciou uma paralisação dos pagamentos feitos por inquilin@s. Você só pode pausar o pagamento do seu aluguel se tiver feito um acordo com o seu proprietári@, lembre-se caso não pague o aluguel agora, terá que pagar mais tarde.

    O que fazer caso não more com meu proprietári@ e queira me despejar?*
    * Se mora com seu proprietári@, isso não se aplica a você. Por favor, procure a seção sobre “inquilin@s”.

    Mesmo que você não tenha um contrato de locação por escrito, é muito importante que:
    • fique na sua casa – se você sair sem que o seu proprietári@ siga as etapas legais corretamente (o que pode levar meses), você será considerad@ em situação de rua intencionalmente (“intentionally homeless”) e será mais difícil obter ajuda da sua subprefeitura/ autoridade local
    • procure ajuda profissional gratuita nas seguintes organizações:
      IRMO
      Shelter England
      Citizens Advice
    • entre em contato com a sua subprefeitura (Local Authority/ Council)
    • ligue para a polícia caso seu proprietári@…

      -forçar você a sair, ameaçando ou assediando você
      -te tirar da sua casa fisicamente
      -impedir de qualquer forma que entre m casa
      -mudar as fechaduras enquanto não estiver em casa
      -ignorar as novas leis de despejo abaixo:

    Em março de 2020, o governo suspendeu todos os processos judiciais de despejos até 23 de agosto de 2020. Posteriormente e devido ao segundo lockdown em novembro de 2020, as medidas tomadas foram um pouco diferentes e hoje ditam que:
    • os tribunais permaneceram abertos, mas a maioria dos despejos foram suspensos
    • não haverá despejos até o final de março de 2021. Caso seu proprietári@ queira te despejar, deve avisar com 6 meses de antecedência antes de entrar com um pedido de despejo no tribunal (exceto em casos de comportamento anti-social ou dívidas de aluguel de mais mais de 6 meses)
    • “Universal Credit” e “Housing Benefit” serão estendidos a partir de abril de 2020
    • não é necessário ter um contrato de locação por escrito para ter direitos legais como inquilin@ (“tenant”). Você é um inquilin@ (“tenant”) se 3 destes pontos se aplicam a você:

      você paga aluguel por um período de tempo (mais de uma vez, por exemplo, semanal ou mensalmente)
      -você tem uso exclusivo de uma área (por exemplo, uma sala). Se você não tiver uso exclusivo (por exemplo, se houver mais de uma pessoa no mesmo cômodo), o proprietári@ pode dizer que você só tem uma permissão para ficar na casa e terá menos direitos
      você não mora com seu proprietári@– se você mora com seu proprietári@, é considerado um “excluded occupier” e, portanto, têm menos direitos

    É uma ofensa criminal (Lei de Proteção de Despejo de 1977) para um proprietári@ tentar despejar um inquilin@ sem:
    • fornecer um aviso válido daSeção 21 ou Seção 8
    • ir ao tribunal para obter um mandado de posse

    Para mais informações sobre despejos e nova legislação governamental aqui:
    O que fazer caso more com meu proprietári@ e queira me despejar?


    Se você mora com seu proprietári@ em casa e compartilha instalações como banheiro e cozinha, você é considerado um “lodger”. Nestes casos, se o seu proprietári@ quiser te despejar, é muito importante que…

    • fique na sua casa – se você sair sem que o seu proprietári@ siga as etapas legais corretamente (o que pode levar meses), você será considerad@ em situação de rua intencionalmente (“intentionally homeless”) e será mais difícil obter ajuda da sua subprefeitura/ autoridade local
    • procure ajuda profissional gratuita nas seguintes organizações: IRMO, Shelter England, Citizens Advice.
    • entre em contato com a sua subprefeitura (Local Authority/ Council)
    • ligue para a polícia caso seu proprietári@o ameaçar usar violência para te tirar de casa

    Caso seja um “lodger”, o proprietári@ pode te despejar sem ir a corte:

    • assim que seu contrato de prazo fixo terminar
    • durante um contrato de prazo determinado, se o contrato disser que seu proprietári@ pode quebrá-lo antecipadamente
    • Durante um contrato contínuo (semanal/ mensal) se seu proprietári@ avisou previamente
    • em qualquer momento se você não tiver um acordo/ contrato com o seu proprietári@ se avisou previamente


    O período de notificação que o seu proprietári@ deve dar a você depende da sua situação:

    • Se você tiver um contrato por escrito (como um “licence agreement”), o período de notificação deve ser indicado no contrato. O aviso não precisa ser por escrito, a menos que estipulado no contrato.
    • Se o seu proprietári@ quiser que você saia ao final do seu contrato por prazo determinado, isso geralmente não precisa ser avisado.
    • Se não tiver um contrato por escrito, o proprietári@ só precisa avisar com uma antecedência razoável, por exemplo, uma semana se você pagar o aluguel semanalmente, e o aviso pode ser verbal.

    Se você não desocupar o imóvel, o seu propretari@ poderá trocar as fechaduras enquanto você estiver fora, mas deve entrar em contato com você e providenciar a retirada de seus pertences dentro de um prazo razoável. MMais informações sobre despejos para “lodgers” aqui:

    Violência doméstica durante o isolamento


    Durante o isolamento COVID-19, sabemos que para algumas pessoas, o lar não é um ambiente seguro. Na IRMO, queremos que você saiba que não está sozinh@. Se você está sofrendo ou está em risco de violência doméstica, siga estas etapas, desenvolvidas pelo LAWRS, para manter você e sua família segur@s:

    • Mantenha seu celular com a bateria carregada, ligado e com você o tempo todo.
    • Combine uma palavra-código com pessoas próximas ou familiares em quem você confia para chamar a polícia caso você os contate.
    • Converse com seus filhos/ filhas sobre aonde ir se seu parceiro se tornar agressiv@. Peça que não intervenham, pois podem correr perigo ainda maior.
    • Ensine seus filhos/ filhas a discar 999 (polícia) e que o façam somente quando estiverem em um local seguro. Você deve saber dizer seu endereço completo em inglês.
    • Mantenha os números importantes à mão ou memorizados.
    • Se os seus vizinh@s sabem da situação, diga que devem chamar a polícia se ouvirem uma discussão.
    • Identifique os lugares mais seguros e perigosos da sua casa e pratique as rotas de fuga.
    • Se seu parceir@ se tornar violent@:
      • Evite a cozinha, garagem ou qualquer lugar onde possa haver objetos que possam ser usados ​​como armas.
      • Evite espaços onde você possa ficar pres@, como banheiros.
      • Você deve estar preparad@ para sair de casa em caso de emergência, pois muitas lojas, restaurantes e locais estarão fechados.

      Se você ou seus filhos/ filhas estiverem em perigo, você deve chamar a polícia 999 (têm acesso a intérpretes), se você não puder falar disque 55 e a operadora irá responder. Violência doméstica é um crime. A polícia tem a obrigação de proteger você e seus filhos/ filhas e você não deve sofrer nenhuma discriminação por conta de seu status de imigração.
      LAWRS é uma organização dedicada a empoderar mulheres latinas e defender seus direitos. Oferecem suporte e aconselhamento em espanhol e português. Para obter mais informações, acompanhe a organização noTwitter, Facebook e site. Se precisar de ajuda, entre em contato com o LAWRS:

      • ligue para 07719281714 de segunda a quinta das 10h às 13h
      • ligue para 07595970580 de segunda a sexta, das 10h às 13h
      • mande um e-mail para referrals@lawrs.org.uk

      Você também pode ligar para a Linha Nacional de Apoio contra à Violência Doméstica 24 horas por dia no 0808 2000 247 e pedir um intérprete.
      Os seguintes aplicativos podem ajudar a manter você e seus filhos/ filhas seguros:

      • Hollie Guard – se você estiver em perigo, balance seu telefone e o aplicativo enviará um alerta ao seu contato de confiança (previamente estabelecido).
      • Bright Sky– um aplicativo de abuso doméstico que fornece suporte e informações para qualquer pessoa que possa estar em um relacionamento abusivo ou para pessoas preocupadas com alguém que conhece.

    Perguntas sobre imigração:

    Usuários com dúvidas sobre imigração devem ligar para obter aconselhamento. Entre em contato com a IRMO no número de telefone +44 7422 667327.

    O que devo fazer se não puder retornar ao meu país e não posso ficar mais do que meu visto permite?


    O Home Office espera que você tome todas as medidas ao seu alcance para deixar o Reino Unido antes que seu visto expire. Porém, se você não puder sair do país e você tiver um visto que expira entre 1º de março e 31 de março, é possível solicitar mais tempo para ficar no Reino Unido. É conhecido como “exceptional assurance”.

    Este tempo será concedido apenas quando puderem ser apresentados comprovantes do atraso na saída do país, tais como:

    • Teste positivo para Coronavírus
    • Passagem aérea em uma data posterior a 31 de março

    • Prova de que nenhum outro voo estava disponível nas datas anteriores
    • Prova de que a fronteira do país de origem ainda está fechada em 31 de março de 2021


    Se concedido, você manterá as condições de seu visto atual (por exemplo, se seu visto permitir que você trabalhe ou estude) até que possa deixar o Reino Unido.

    Você pode encontrar os detalhes aqui.

    O que fazer caso tenha uma solicitação em andamento?
    Depende do tipo de pedido e em que fase o processo se encontra. Existem 2 cenários possíveis:
    1. O pedido já foi enviado, mas não foi possível marcar uma visita ao centro de vistos do país onde @ requerente se encontra. Nesse caso, você terá que esperar e marcar uma consulta quando os centros de vistos reabrirem.
    2. A solicitação é iniciada, mas não enviada. Recomendamos deixar assim para que, quando tudo estiver ativado, você apenas tenha que revisar a solicitação e marcar um horário. As informações são armazenadas no sistema.
    O que fazer caso tenha uma consulta biométrica e receber uma notificação que meu horário foi cancelado?
    Os centros biométricos do UKVCAS permanecem abertos, visto que seus serviços são considerados “serviços essenciais”. A cada dia, o calendário de disponibilidade oferece horários disponíveis gratuitos e pagos para os próximos 28 dias.
    O que devo fazer se eu tiver apresentado um pedido de prorrogação do meu visto no Reino Unido e não puder solicitar uma consulta biométrica?
    Se o seu visto ia vencer, o importante era solicitar a prorrogação do prazo. Dessa forma, seu status de imigração é mantido até que você possa comparecer à consulta biométrica e sua solicitação seja examinada pelo Home Office. Os centros de vistos voltaram aos níveis normais de atividade e, conforme informado na página anterior, o calendário de agendamento do UKVCAS oferece agendamentos para os próximos 28 dias. Continue acessando o calendário até que você possa marcar um horário.
    Ainda posso me inscrever para trazer um membro da família para o Reino Unido?


    Em muitos países, os centros para fazer consultas biométricas por pessoa foram suspensos. Na prática, isso significa que, embora possamos nos inscrever online, não podemos finalizar a inscrição até que o candidat@ possa comparecer pessoalmente para a entrevista.

    Você pode ter seu formulário pronto e esperar até que uma consulta possa ser feita no centro de vistos.

    Se o centro ainda estiver aberto, podemos fazer um pedido, mas leve em consideração que a situação pode mudar rapidamente e as autoridades do país de origem d@ requerente podem, por exemplo, fechar os centros de visto ou o espaço aéreo de modo que não se possa viajar de avião.

    Posso solicitar a cidadania britânica?
    Sim, você ainda pode solicitar um pedido de cidadania britânica para pessoas adultas e crianças sem problemas.
    Pessoas empregadas  pelo NHS


    Desde 31 de março de 2020, o governo anunciou um tratamento especial para quem trabalha para o NHS.
    Se você trabalha para o NHS como medic@, enfermeir@ entre outros e seu visto vence entre 1º de outubro de 2020 e 31 de março de 2021, seu visto e o de sua família podem ser automaticamente prorrogados por um ano gratuitamente. Sua empresa deve notificar o Home Office.

    Se o seu visto vencer em uma data posterior, você terá que solicitar uma prorrogação pelos meios tradicionais.

     

    Perguntas sobre Benefícios

    Preciso de ajuda com o Universal Credit?
    Para ver os requisitos necessários para solicitar o Crédito Universal, clique aqui.

    O processo do Universal Credit ficará mais fácil a partir de agora. Quem fizer o pedido pode receber com até um mês de antecedência, sem ter de comparecer pessoalmente no Job Centre. Não consideram o “minimum income floor”, ou seja, não há um salário mínimo que deve ser ganho para solicitar o Universal Credit durante este período.

    Você pode verificar se tem ou não direito a “Jobseeker ‘s Allowance”, “Employment and Support Allowance”, “Income Support” ou Universal Credit Visitando este site.
    O que devo fazer se não puder pagar as despesas ou council tax nestes meses?

     

    Para solicitar ajuda com o Council Tax, favor solicitar o Universal Credit’ Housing Benefit para poder ter acesso a Redução do Council Tax.

    • Apenas depois de fazer o requerimento de Housing Benefit é possível solicitar a Redução do Council Tax.
    • Para saber a qual subprefeitura você pertence, clique aqui.
    ¿Como economizar nas contas de luz, gás e água?


    Encontre aqui algumas dicas fornecidas pela Crew Energy:
    Como economizar nas contas de luz e gás?

    • Você pode seguir as dicas da CREW Energy sobre como usar menos energia em casa aqui.
    • Você também pode mudar para uma empresa de energia mais barata. Podendo economizar até £300 em um ano.

    Quais descontos estão disponíveis?

    • Algumas empresas de energia oferecem o Warm House Discount (desconto para uma Casa Quente), que vale £140 por ano.
    • Sua empresa de água também oferece descontos:
      • Se você for uma pessoa adulta vulnerável, pode solicitar o desconto Watersure, com isso seus recibos anuais podem valer menos de £395.
      • Se você tem uma renda anual inferior a £19.201, pode obter um desconto de 50% na sua conta de água.

    Você tem um medidor pré-pago e está em isolamento devido à Covid-19?

    Se você está nessa situação, sua empresa de energia deve apoiá-lo. Algumas das ajudas disponíveis são:

    • Recarregue seu medidor pré-pago por telefone ou internet.
    • Receba crédito de emergência.
    • Crie um plano de pagamento adequado para você.

    Precisa de ajuda especializada? Se você ou alguém da sua família atender a qualquer uma dessas condições, você pode se registrar no Registro de Serviço Prioritário (Priority Service Register):

    • Não consegue se comunicar em inglês.
    • Tem uma deficiência física ou mental.
    • Tem mais de 60 anos.
    • Tem filhos/ filhas menores de 5 anos.
    • Está passando por um momento difícil em sua vida.

    Os benefícios de fazer parte deste registro são:

    • Receba suas contas e ligações em portugues.
    • Crie uma senha de segurança quando um funcionário da Thames Water o visitar.
    • Receba alertas quando a Thames Water realizar trabalhos na sua área.
    • Se você não tem água em casa, a Thames Water entrega na sua porta.

    A CREW Energy pode te ajudar com tudo isso e muito mais. Para entrar em contato envie um e-mail para energycafe@crewenergy.london ou entre em contato pelas suas redes sociais como @crewenergyldn.

    Mais informações disponíveis no site Citizens Advice.

    Caso tenha mais dúvidas, pode encontrar mais informações em espanhol e português aqui em “Status e Direitos Trabalhistas”.

    Há uma campanha de informação do governo transmitida pelo WhatsApp – https://www.gov.uk/government/news/government-launches-coronavirus-information-service-on-whatsapp

    Você também pode entrar em contato conosco pelo Facebook, e-mail (mail@irmo.org.uk), ou ligar a partir desta QUARTA-FEIRA, 25 de março de 2020, no telefone 07422667327.

    Pergunte a Nelson sobre os direitos do inquilino – para aqueles que estão sublocando.


    Perguntas sobre Viagem

    O que fazer caso queira viajar para o exterior?


    Antes de viajar para o exterior, certifique-se quais são as restrições ou exigências específicas do país para onde vai
    Para obter informações sobre um país específico, acesse este link.

    Caso precise de um teste negativo de COVID-19 para entrar em um país, você deve usar um provedor privado. Os exames que são realizados no NHS não são válidos para viagens.
    Você pode encontrar uma lista de provedores privados neste link.

    Como comprovar que já fui vacinadx para poder viajar?


    Se quiser viajar para o exterior, você pode comprovar que foi vacinado contra COVID-19 solicitando seu status de vacinação. Isso estará disponível caso:

    • tenha recebido ambas as doses de qualquer das vacinas aprovadas
    • você foi vacinado na Inglaterra
    • tenha 16 anos ou mais

    O cartão entregue nos postos de vacinação não é um comprovante do seu estado de vacinação .

    IMPORTANTE:Para acessar este serviço, você deve estar registrado com um clínico geral (GP).

    Lembre-se de verificar os requerimentos de cada país antes de viajar, pois a prova de vacinação pode não ser suficiente.

    Como acessar seu status de vacinação contra a COVID-19:
    • Através do aplicativo gratuito do NHS (“NHS App”): Você pode baixá-lo no pelo celular:
    • Através do site do NHS: Você poderá ver o seu status de vacinação COVID-19 online, fazer o download ou imprimi-lo como um documento PDF.
    • Solicitando uma carta sobre o seu status de vacinação para o seu endereço residencial no site do NHS: A carta será enviada para o endereço registrado no seu clínico geral (GP). Caso não tenha acesso à Internet, pode solicitar a carta ligando para 119.

    Para obter mais informações, visite este link.
    O que devo fazer antes de viajar para o Reino Unido?


    Caso planeje viajar para o Reino Unido, deve se informar sobre as últimas regulamentações antes de viajar.

    Os seguintes regulamentos foram estabelecidos a partir de 4 de outubro de 2021 e actualizada em 28 de Novembro de 2021.

    As medidas de isolamento que você deve fazer antes e depois de chegar ao Reino Unido dependem se você foi ou não vacinado e se a vacina que recebeu é aceita pelo Reino Unido.

    É importante ter em mente que existem regras diferentes se você esteve em um país da lista vermelha (classificado como de alto risco) nos últimos 10 dias antes de viajar. Última atualização (28/11/2021): Atualmente, não há países da América Latina ou Europa na lista vermelha, mas é importante ter em mente que esta lista está em constante revisão..

    Caso tenha recebido as duas doses da vacina:

    A partir de 11 de fevereiro, às 4h, as seguintes regras entrarão em vigor:

    • Se estiver vacinado, não deve fazer o teste COVID-19 antes de viajar para a Inglaterra ou depois de chegar.
    • Você não precisa se auto-isolar ou ficar em quarentena quando chegar à Inglaterra.
    • Preencha um formulário chamado “Passenger location form” ”, que pode ser encontrado no link a seguir.

    É importante lembrar que nem todas as vacinas e programas de vacinação são aceitos no Reino Unido. Para ser considerado vacinado no Reino Unido, você deve atender a um dos seguintes requisitos:
    • Ter sido vacinado no Reino Unido recebendo a segunda dose pelo menos 14 dias antes de retornar ao Reino Unido.
    • Você foi vacinado no exterior e recebeu a segunda dose pelo menos 14 dias antes de entrar no Reino Unido e tem um certificado de vacinação que é válido no Reino Unido. Para ver quais vacinas e certificados são aceitos, vá para o link a seguir.

    Se você não puder provar seu status de vacinação com um certificado aprovado no Reino Unido, você deve seguir os regulamentos para pessoas não vacinadas.

    Se você não estiver totalmente vacinado

    Antes de viajar, você deve:
    • ter um teste COVID-19 2 dias antes da data de entrada no Reino Unido;
    • reservar e pagar por um teste COVID-19 dentro de 2 dias e outro 8 dias após o retorno de sua viagem. A partir de 30 de Novembro, este teste deve ser um PCR. TESTES RÁPIDOS DE ANTIGÉNIOS (‘Antigen’) NÃO SÃO ACEITOS. Para reservar o teste, clique no link a seguir.
    • Preencha um formulário chamado “Passenger location form”, que pode ser encontrado no linka seguir.

    Chegando ao Reino Unido, você deve:
    • Você não precisa permanecer em isolamento, a menos que seu teste de PCR seja positivo.

    Países na Lista Vermelha

    Existem regulamentos diferentes para as pessoas que estiveram em um país da lista vermelha nos últimos 10 dias antes de entrar no Reino Unido.

    Somente cidadãos britânicos e irlandeses e pessoas com residência no Reino Unido poderão entrar no Reino Unido tendo estado em um país da lista vermelha nos últimos 10 dias. Se este for seu caso e independentemente de ter sido vacinado, antes da entrada você deve fazê-lo:

    • ter um teste COVID-19 não mais de 72 horas antes da data de entrada no Reino Unido
    • reservar um pacote que inclui: estadia em um hotel especificamente designado pelo governo para ficar em quarentena por 10 dias e 2 testes COVID’19. Para reservar o pacote, vá para o seguinte link
    • Preencha um formulário chamado “Passenger location form”, que pode ser encontrado no link a seguir.

    Para ver qual país está na lista, clique aqui.

    Para obter mais informações, clique aqui.

Indoamerican Refugee and Migrant Organization